Passo a passo para você não errar na hora de construir uma piscina

Passo a passo para você não errar na hora de construir uma piscina

Primeiramente: construir uma piscina não é tarefa para aventureiros que trabalharam com construção nem tampouco para pessoas inexperientes, vocês profissionais da área sabem bem! Cada etapa do planejamento deve ser feita da maneira correta e com muita atenção aos vários detalhes – desde a preparação do terreno até a colocação da piscina e manutenção para evitar problemas futuros.

Por isso, antes de aceitar o contrato para construir uma piscina, alguns pontos importantes devem ser observados para que você entregue um produto de excelência.

Preparamos um passo a passo com 4 etapas importantíssimas na construção de uma piscina, vamos a elas…

1) Estude o local da construção da piscina
Uma das etapas mais importantes no processo de construção é escolha e preparação do local onde a piscina será construída. A preparação do local deve ser feita criteriosamente e sempre levando em consideração o tipo da piscina. Avalie se o local escolhido está longe de fios elétricos, cabos de alta tensão, se a capacidade de drenagem do local suporta a construção e, ainda, se a tubulação de esgoto está em conformidade com o projeto.

Dica bônus: É bom também se certificar de que você tem permissão da Prefeitura para construir a piscina ali e também de que o terreno suporta a estrutura da piscina e sua capacidade máxima de água.

2) Escolha a piscina conforme a necessidade do cliente
Antes de iniciar a construção, converse com seu cliente e avalie qual o modelo da piscina é o ideal para sua necessidade. Informe detalhadamente qual o método de construção, periodicidade nas manutenções futuras, durabilidade do motor da bomba e dicas de manutenção caseira. Isso irá evitar dores de cabeça completamente previsíveis.

3) Melhor posicionamento
Um fator importante é checar a posição da piscina. Essa etapa irá determinar outros aspectos como: acessibilidade à maquinaria, por exemplo. Além disso, é importante escolher um lugar no qual a privacidade seja maior, com relação aos olhares dos vizinhos. Descarte aquelas regiões que tenham raízes de árvores ou plantas que possam dificultar a escavação ou levantar o solo depois, provocando futuras imperfeições na piscina.
Dica bônus: Atente-se também para não posicioná-la perto de árvores ou arbustos que soltem muitas folhas e sujeira, isso economizará tempo e dinheiro com a manutenção do seu cliente.

4) Dê atenção à manutenção
Além de executar o projeto de construção da piscina é importante pensar em como seu cliente irá cuidar da manutenção, ou seja, gasto de tempo e dinheiro. Alguns trabalhos você pode orientá-lo a serem realizados por conta própria (limpeza, depuração da água, etc) ou, indicar uma empresa de confiança para realizar serviços como, revisão dos níveis de pH, cloro, troca da areia do filtro e outros. Existem também outras opções que podem ajudar a economizar com a manutenção da piscina como, instalar uma cobertura, investir em um aspirador automático ou mantê-la cheia e limpa também durante o inverno.

E aí, gostou das dicas? Continue acompanhando os conteúdos da Sol&Ar acessando os conteúdos do nosso blog.[/vc_column_text][/vc_column][/vc_row]

Fechar Menu